quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Ser ou não ser Presidente


O Vice-Primeiro Ministro, Suthep Thaugsaban desencadeou uma guerra ao afirmar que Thaksin teria dito no seu último discurso aos seus apoiantes que regressaria ao país para ser Presidente.

A declaração de Suthep foi veiculada pelo jornal Manager (propriedade do líder do PAD Sondhi) e logo desencadeou um coro de protestos do Puea Thai, o Partido dos aliados de Thaksin tendo o seu porta-voz dito que vai ser apresentada queixa por difamação contra o VicePM. A confirmar-se a a ser julgada procedente Suthep poderá ir passar até três anos á cadeia.

Entretanto o Matichon, um dos mais antigos e respeitados jornais diários tailandeses, traz uma transcrição do discurso de Thaksin onde a palavra Presidente nunca é mencionada. Acontece que muitas vezes na língua tailandesa, e por falta de referências na cultura do país, as palavras para definir situações ou designações como as que nós utilizamos correntemente não são fáceis. Contudo não é este o caso da palavra que significa Presidente de um país: Prathanathipbodee.

Está lançada mais uma batalha, completamente inútil para o governo, visto necessitar de concentrar forças noutras áreas onde está a ser atacado: o défice económico e o empréstimo que decidiram solicitar ao estrangeiro está já a ter um efeito negativo no índice de confiança no país; a deflação à porta com o índice de preços a baixar a terreno negativo pela primeira vez na Tailândia; o galopante desemprego, (hoje mesmo a Mitshubishi anunciou a redução para metade da sua produção no país com os consequentes despedimentos); os problemas nas fronteiras; as acusações contra vários membros do governo pela Comissão Eleitoral, etc

3 comentários:

Combustões disse...

Nuno
PRATAN (do português patrão) quer dizer, como sabes, Presidente e Thibodee (ou Thibadee) aquele que mais alto se encontra na hierarquia do Estado; logo presidente mais alto quererá dizer Presidente do País. Seria expressa a vontade presidencialista se Takhsin tivesse acrescentado PRATANTHIBADEECHARTTHAY (presidente da nação thai), mas há um não sei o quê de evasivo que se compreende ao jogar com o equívoco. O ditador Phibun Songkhram fez-se chamar Pratan Muang Thai, mas manteve a aparência monárquica de uma monarquia com o rei no exílio. Vamos ver se o homem se define.

Nuno Caldeira da Silva disse...

Devo ter-me expressado mal mas por isso me penenticio. O que o Matichon diz é que NUNCA FOI UTILIZADA A PALAVRA Prathanathipbodee, repito NUNCA durante o discurso

Nuno Caldeira da Silva disse...

E já agora acrescentaria. E se tivesse sido dito que quer ser Presidente? É algum crime alguém ter opiniões diferentes de outros? Está escrito aliás no artº 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos esse direito à diferença de opiniões e a Tailândia até foi um dos países promotores da Declaração em 1948.